E a sétima série de 24 está ai. Bem, ai não é o termo certo. A sétima série de 24 já estreou nos Estados Unidos.

Atenção pessoal que ainda não começou a ver esta nova série de 24 (alguém??): O artigo abaixo contem spoilers ou seja, conta detalhes que podem estragar a diversão a quem ainda não viu.

jack_bauer_24_on_browserd

O Jack Bauer está de barba feita e literalmente a mandar um senador aquela parte em plena comissão de inquérito. Isto sem matar ninguém nem tão pouco partir joelhos ou tirar olhos.

Ao mesmo tempo um caixa-de-óculos embirra com a filha para que esta largue o telemóvel (e insistem nisto hein?) e só para não se armar em parvo é abalroado por trás e pelos lados e quando dá por ela foi raptado. Vai na volta o tipo sozinho detém o segredo de toda a segurança dos Estados Unidos. Uma tal de Firewall protege desde os aeroportos às barragens passando pelas centrais de energia. Está tudo dito…

Está o Jack quase pronto para ir de gaveta quando aparecem dois agente, bem, um agente e uma tipa toda gira (doravante conhecida como a tipa gira da 7ª série) que também é agente, para o levarem dali. Jack, amigo, a malta precisa de ti.

Ainda desconfiado da coisa eis que o briefing lhe diz que o falecido Tony Almeida está por trás de uma série de assaltos que culminaram no tal abalroamento atrás referido. Ai que não pode, e coiso e tal, o Tóni ’tá morto. Afinal nem por isso.

O bom do Tóni está entretido a brincar ao Flight Simulator com comandos de voz e quase deixa dois aviões irem um contra o outro em pleno JFK… É bom que avisem a Presidente…

Busca para aqui e busca para ali lá se descobre um tipo (daqueles com pinta sinistra) que era o único que tinha capacidades para fazer lá umas cenas e ala que se faz tarde, vai o Jack e a tipa gira da 7ª série para casa do mal encarado. Já estava este com a caneta à beira do olho pronto para se desbocar todinho sobre o paradeiro do Tóni quando, pum pum. Dois tiros bem certeiros o mandam para ao pé do criador. O Jack olhos-de-lince (se fosse índio chamavam-lhe assim) viu logo donde vinham os tiros e antes que se fizesse tarde estava o prédio em frente todo cercado.

Nem seria o 24 se não houvesse agentes do mal infiltrados em tudo quanto é sitio e na cave do referido prédio um dos agentes do demónio passa um casaquinho de profissão ao mau da fita para que ele passe pelo meio dos bons. Lobo em pele de cordeiro não é o truque mais original mas em Washington (sim, o Jack já não está em LA…) aparentemente a coisa ainda funciona.

Os olhinhos de lince não deixariam escapar uma destas e a botita Timberland denunciou o assassino (já devia saber que assassino que se preza anda de CAT’s). Uma perseguição e uma mentirinha (nunca se sabe bem quem está do outro lado da linha) depois já estão no covil.

Entretanto a Presidente já percebeu que a coisa não está para brincadeiras. E em casa também não. O marido não está convencido que o filho se tenha suicidado e não descansa enquanto não souber a verdade.

Voltando ao Jack e à tipa gira da 7ª série, vão todos contentes aos tirinhos mas só acertam em metade. Lá apanham o Tóni mas o aparelhometro que permitia brincar aos Wargames já tinha desaparecido… Pois, pois. A essa hora já ele está nas mãos do Coronel Dubaku…

Ups… Já cheguei ao fim do primeiro episódio, ou melhor, das duas primeiras horas. Não pode ser? Não pode ser porquê? Eu sei, eu sei, o Jack Bauer está diferente. Em duas horas ele já teria no mínimo morto uns 5 ou seis e pelo menos um à dentada e com as mãos presas atrás das costas. Exagero? Nem por isso. Basta que vejam 24: Redemption. Aliás meus caros amigos e amigas, é bom mesmo que vejam 24: Redemption ou não vão entender metade do que aqui se passa…

Não se deixem eludir pelo meu comentário. 24 está ai para doer e cá por casa não se vai perder um episódio.

3 thoughts on “24 Série 7. Jack is back

  1. Por isso é que passei do titulo para o comentário.

    Esta é do tipo de séries que eu só vejo de início ao fim da Season.
    Quando termina a season lá vou eu fazer uma “maratona”.

  2. kincas, fiz isso na primeira série mas entretanto nasceu a Patrícia e deixou de haver tempo para tais aventuras… E saber que o Jack anda por ai sem saber o que ele anda a fazer… Uuuii. Acho que não conseguia.

    Tia Avó, como sempre, uma de mestre. Essa ficará para a história. Pelo menos para a minha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

*