Já me conhecem certo? Apreciador da técnica (muito mas enfim) e infinitamente admirador da estética. Depois há a questão da moral, da ética

Perguntei à Professora Doutora Jinhee Choi esta semana se ela se via mais próxima dos Moralistas, que defendem a impossibilidade da separação entre a moral e a estética ou dos Autonomistas que entendem que essa separação é essencial. Respondeu-me que, não sendo essa a sua área de principal preocupação e estudo, não deixava de se sentir incomodada e talvez incapaz de continuar, quando assistia a determinados filmes, como extreme porn ( Jinhee Choi é sul-coreana e o género extreme porn é não só muito estudado como também muito filmado em culturas asiáticas) por exemplo. Gráficos à parte (e eu acredito que na sua resposta Jinhee Choi também os tivesse colocado à parte) eu diria que ela se encontra mais próximo dos Moralistas. Eu estou assumidamente, e até que algo me faça mudar de ideias, mais próximo dos Autonomistas.

Isto tudo para vos dar a conhecer Smut Clothing. Esqueçam conceitos ok? Arrojado, provocante, ofensivo, desafiante… São algumas das palavras que se podem ler no Sobre Nós desta marca de roupa inglesa.

Dizem eles que usam T-Shirts como telas e as fantasias eróticas como palete.

O video abaixo encontra-se na página de entrada do site. Pesquisando encontram-se outros até bem mais provocantes, de um erotismo roçando os próximos passos da sexualidade. Mas este, este foi muito bem escolhido. Este está perfeito. A técnica, a estética, a ética… Era disto que vos estava a falar certo?

Se não conhecem, visitem o site da Smut Clothing e depois digam qualquer coisa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

*